• Daniela Querubini

Por quê voltar a estudar aos 40?

Atualizado: 19 de Jun de 2019


Nesta idade, a palavra estudar é um tabú, como se estudar fosse algo do mundo dos jovens, que não pode ser compartilhado com os "velhos". Acredito que todos nós, enquanto ainda jovens, chegamos a pensar que os nossos pais eram velhos demais para determinada coisa.

Contudo, a pergunta que fica é: - Por quê não?

Realmente não encontramos motivos para não voltar a estudar, enquanto que os motivos e benefícios de voltar são fartos, dentre muitos, escolhi 5 motivos para te ajudar a decidir:


1) EXPECTATIVA DE VIDA:

A expectativa de vida do mundo aumentou, mas vamos falar de Brasil. Na década de 1940, a expectativa de vida ao nascer era de 45 anos (média entre homens e mulheres), em 2017 subiu para 76 anos.

Há um recente estudo realizado pelo médico Rafael Lozano, da Universidade de Washington-USA, que avaliou qual será a expectativa de vida das pessoas no ano de 2040 e considerando o melhor cenário, teremos brasileiros com expectativa de vida de 83 anos. Isso significa dizer que se você tem 40 anos hoje, em 2040 terá apenas 61 anos e ainda terá uma expectativa de vida de mais 22 anos.

O que você fará aos 61 anos de idade, em 2040?

Caso não acompanhe a evolução tecnológica, será o que hoje nós chamamos de dinossauro.

Não há outro modo de evoluir senão junto com o mundo, estudando, se atualizando e se preparando para os avanços tecnológicos que ainda estão por vir.


2) SAÚDE MENTAL:

O maior de todos os medos, quando se está envelhecendo, ainda é perder a lucidez. Se você mantiver uma atividade intelectual durante boa parte da sua vida, terá mais chances de viver uma velhice lúcida. Isso porque as pessoas que mantém intelecto regularmente ativo, tem menos possibilidade de manifestar doenças que degeneram o sistema nervoso, diminuindo consideravelmente o surgimento de demências e Alzheimer. O contrário acontece com pessoas que não mantém a atividade intelectual, que acabam desenvolvendo doenças degenerativas. Quer manter sua atividade intelectual elevada? Volte a estudar.


3) EMPREGO:

Os mais escolarizados formam o grupo com a menor taxa de desemprego, sinalizando que, de fato, um maior nível de instrução melhora não só a inserção como também a permanência no mercado de trabalho. Considerando que os cursos de graduação duram em média 4 anos, se você voltar a estudar aos 40 anos, com 44 estará formado, com possibilidades melhores de empregos. Isso também pode acontecer com pessoas que ainda não terminaram o Ensino Médio, pois existem inúmeras possibilidades de conclusão, inclusive pelo método EAD (Ensino à Distância). Corre, porque quanto antes você começar, mais rápido irá concluir, podendo buscar novos desafios e melhores colocações no mercado de trabalho.


4) SALÁRIO:

Quem estuda mais, ganha mais. Sim, essa premissa é verdadeira. Com diploma de nível superior, um trabalhador brasileiro ganha, em média, 140% a mais do que o profissional que parou os estudos no ensino médio. Isso quer dizer que, se um trabalhador com nível médio ganha R$ 1.000, outro com curso superior ganhará R$ 2.400. Então, se você já terminou a faculdade, pode começar a pensar em cursos de especialização, pois, para cada nível alcançado, seu salário aumentará mais um pouco. Se estar empregado é bom, ter um bom salário é melhor ainda.


5) EAD (ENSINO À DISTÂNCIA)

Tá bom, se você é daquelas pessoas que sentem vergonha de estar na carteira da universidade, ao lado dos "aliens" juvenis, pode parar de se lamentar. A modalidade EAD é um processo de ensino-aprendizado autônomo, auxiliado por tecnologias, onde alunos e professores estão separados espacialmente. O aluno EAD é o responsável por sua formação, de modo que pode desenvolve-la no mesmo ambiente de trabalho, ou em casa, alcançando assim, uma formação atrelada à experiência e em contato diretamente com a atividade profissional que deseja melhorar. Essa modalidade de ensino abre um leque de oportunidades aos alunos, dentre elas estão a flexibilidade de horário, baixo custo, inclusão social e mais uma infinidade que não irei elencar aqui. Porém, se você resolver aderir a esta modalidade, deve saber que você é o grande responsável pela sua formação, não vale mentir para si próprio, muito menos aos outros. Assistir às aulas e ser fiel ao cumprimento do calendário do curso é primordial.


O que você quer ser daqui há 20 anos deve começar agora!!!!! Só depende de você.

47 visualizações

DANIELA QUERUBINI

(11) 4166-6776

©2019 Todos os direitos reservados Daniela Querubini